© 2015 Museu Salesiano. Todos os direitos reservados.

 

Alameda Dino Bueno 285/353, Campos Elíseos, São Paulo - SP | Brasil CEP:01217-000

+55 11 3337-2916

museu@salesianos.com.br

Atendimento de terça a sexta-feira das 9h às 16h.

Realização

Apoio

Prédio

O edifício que contempla o santuário e a instituição de ensino teve sua construção iniciada em 1879 não pelos salesianos, como muitos acreditam, mas sim pelos vicentinos que doaram a obra em 1885 à congregação de Dom Bosco por compreenderem que estes desenvolviam trabalhos representativos para a educação de meninos carentes na Europa, América do Sul e, recentemente,em 1883, haviam chegado ao Brasil e instalado o colégio Santa Rosa, em Niterói/RJ.

 

O Santuário Sagrado Coração de Jesus e o Liceu de mesmo nome formam um conjunto arquitetônico monumental que ocupa uma quadra no bairro de Campos Elíseos, por isso é considerado representativo da expansão urbana em direção ao norte.

 

No final do século XIX, em 1878, os membros da Confraria de São Vicente de Paulo fundaram a Conferência do Sagrado Coração de Jesus e construíram uma capela em sua devoção que daria origem ao atual santuário. A instalação de um Liceu de Artes, Ofícios e Comércio, para a educação e formação profissional de meninos, foi sugerida dois anos depois e coincide com o aumento de escravos libertos e de imigrantes na cidade e, com a industrialização e a expansão urbanas. Os desenhos dessa primeira fase da construção eram de Giovanni Maria Alberani, irmão coadjuntor da Companhia de Jesus, nascido em Ravena, na Itália, fixado no Brasil desde 1865.

A construção do santuário e colégio, após a tomada de posse pelos salesianos em 5 de junho de 1885, seguiram as orientações de Domenico Delpiano. Esse conjunto com linhas classicizantes foi concebido segundo o estilo eclético. O Santuário construído em estilo renascentista com alvenaria de tijolos tem forma basilical. O projeto do colégio inclui capela, salas de aula, teatro e pátio e levou mais de dez anos para ser concluído sendo todo financiado por doações feitas por pessoas do estado inteiro, padres, governo e por meio de loterias que beneficiavam o colégio.

 

Atualmente, o complexo salesiano abriga além do colégio e do santuário a Inspetoria Salesiana de São Paulo, órgão responsável pela administração das casas salesianas do estado; a reitoria do UNISAL - Centro Universitário Salesiano; o polo estadual da Rede salesiana de Escolas; o CEJUS - Centro de Espiritualidade Juvenil Salesiana e o Museu da Obra Salesiana no Brasil.